quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

DONALD e o MISTÉRIO DO MINÉRIO


MISTÉRIO DO MINÉRIO abre a revista do PATO DONALD n° 2462, publicada agora, neste mês, reforçando a tradição da Abril Jovem em presentear seus leitores que adoram as belas aventuras natalinas dos "Quadrinhos Disney". 


A capa teve a chamada de "MISTÉRIO NA LAPÔNIA" apenas para situar as pessoas da ambientação mais popular onde se passa toda a trama, uma vez que o nome Lapônia não chega a ganhar nenhum destaque ao longo de toda a história.

O Natal é sempre sinônimo de lucros, faturamento ao Sr. Patinhas. Engana-se quem pensa que nessa época tudo sejam flores ao velho guerreiro. Sempre imprevistos acontecem os quais colocam em risco os seus negócios e, para evitar o colapso, é preciso tomar medidas imediatas.

Argumento: TORMOD LOKLING - Roteiro: KNUT NAERUM - Desenho: ARILD MIDTHUN

Donald e sobrinhos embarcam para Vila do Sol

Desta vez, o Unobtênio, mineral essencial à produção dos tão esmerados Tablets Patinhas àquele Natal, estava desaparecendo misteriosamente, colocando em risco todo o arsenal planejado para o Natal. Donald e seus sobrinhos - Huguinho, Zezinho e Luisinho - embarcam para Vila do Sol, em mais uma missão de investigação rumo à raiz da questão.

O minério Unobtênio desaparece mesmo com os patos conhecendo o local

O que eu achei

A boa e velha característica do pato trapalhão, aliada à movimentação de seus sobrinhos sempre astutos, sempre garante que vislumbremos instantes de ação, emoção e intrigas no decorrer de toda a evolução que vai se desdobrando aos nossos olhos, página a página, fazendo-nos pensar em como seria bom uma adaptação de tudo aquilo para a televisão. Com certeza, seria uma excelente animação!

Huguinho, Zezinho e Luisinho interagindo com a tropa de Escoteiros Mirins de Vila do Sol e a ideia de colocarem dois Papais Noeis foram os atributos que considero a verdadeira cereja de todo esse delicioso bolo.

Escoteiros de Mirins de Patópolis se unem aos Escoteiros Mirins de Vila do Sol

Dois Papais Noeis confundem os nossos "Ducktales"

Os originais foram produzidos em 2014, na Dinamarca, e foram publicados também na Alemanha, China, Finlândia, França, Noruega, Holanda e Suécia, chegando agora ao Brasil. E eu só tenho a agradecer à equipe da Editora Abril por colocar HQs tão boas, legais e divertidas em suas revistas tão simples e acessíveis a todos.


Fonte de Pesquisa: INDUCKS


Abraços a todos.

Fabiano Caldeira.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Peço educação e gentileza na troca de ideias. Obrigado!