sábado, 2 de julho de 2016

[Poesia] PASSARINHO



imagem fornecida pelo Google

Voa, pasarinho
Como és belo e pequenino
Como sabes vivenciar
O momento de se libertar
Voa ao seu ninho
Teu carinho lhe aguarda lá
É o teu resquício novo
Dentro em pouco
Vai debandar
É, meu passarinho
Quem me dera fosse assim
Olhar de carinho
Asas de querubim
Vai olhar o mundo
Com tanto encanto e orgulho
De pertencer e fazer parte
De toda essa diversidade





Olha, passarinho
Sua presença é paz de espírito
O seu voo ilustra a liberdade
E a atividade de estar
O seu cantar é a alegria
Que irradia
Paz e harmonia
Veja, passarinho
Não sei quanto tempo vou lhe notar
Porque Deus nos dá o belo
Mas não o faz durar
Eu desejo, passarinho
Ter você sempre por perto
Meu coração fica feliz
Sentimento terno



PASSARINHO
Autor: Fabiano Caldeira



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Peço educação e gentileza na troca de ideias. Obrigado!