sábado, 30 de julho de 2016

[Vídeo] FODA-SE O CABELO DO SUPERMAN!

Existem escritores e Escritores, matérias e Matérias de divulgação de algum seriado, filme ou HQ.
Inscrevam-se no meu canal, deem joinha e vejam os vídeos... na verdade, a ordem é inversa...rsrs...

Abraços a todos.Bom final de semana!

Fabiano Caldeira.


segunda-feira, 25 de julho de 2016

[Vídeo] Agradecimentos ao Fábio Gesse, ao Ceroni Cunha e mudanças


Olá, pessoal! Espero que estejam todos muito bem! Começando a semana com vídeo novo lá, no canal homônimo do You Tube, onde agradeço a dois grandes caras do cenário dos quadrinhos nacionais independentes, por toda a consideração que sempre tiveram por mim, e também expresso ma vontade de operar algumas mudanças.

Um forte abraço e uma ótima semana a todos!

Fabiano Caldeira.


terça-feira, 19 de julho de 2016

[Quadrinhos] Roteirista cria primeiro super-herói gay dos quadrinhos nacionais


Elenildo Lopes tem apenas 33 anos, mora em Niteroi-RJ e já vem conquistando seu espaço no cenário de quadrinhos autorais independentes. Destacou-se anteriormente com o projeto "A ORDEM", que visa reunir super-heróis brasileiros de bons artistas do segmento. Ele também conquistou seu espaço na História do quadrinho nacional através do seu próprio super-herói, o Capitão R.E.D, que é uma espécie de justiceiro oriundo das forças militares do Estado do Rio de Janeiro.
Capitão R.E.D, é uma boa criação que veio proporcionar uma atmosfera especial aos fãs carentes de uma grande representação heroica que fosse genuinamente nacional e com um padrão de qualidade bem de acordo a ser comparado com a icônica produção do filme Tropa de Elite. 

Agora, mais um projeto audacioso vem, aos poucos, se tornando realidade para a alegria dos fãs das HQs brasileiras envolvendo bandidos e mocinhos: Velox.


Velox, segundo o autor, é o primeiro super-herói destas terras criado cuja peculiaridade é a sua homossexualidade. 

Elenildo faz questão de indicar tal característica, uma vez que o objetivo é enfatizá-la a fim e promover um trabalho de conscientização do respeito às diferenças da sexualidade humana. O atentado em Orlando, na Flórida, foi o impulso que lhe faltava para sentir-se incentivado a levar o projeto adiante. 

Quem é Velox?
Eron Cordeiro é um atleta olímpico que percebe que pode prejudicar sua carreira por causa da sua condição homossexual. Em meio a um mar de aparências perante patrocinadores, para garantir suas oportunidades nesse cenário esportivo que tanto gosta, ele ganha poderes de supervelocidade e voo, tornando-se capacitado para combater a violência nas ruas sob um disfarce que o tornaria irreconhecível, deixando-o bem à vontade para agir, tornando-se o Velox.

O leitor também ficará a par de certas particularidades do personagem, como seu relacionado familiar, por exemplo, que é um tanto balançado, uma vez que tem a aceitação de sua mãe, mas um certo conflito com o próprio pai. 

Ainda não há uma data precisa para o lançamento de Velox, mas sabemos que será logo, dado o momento caótico que atravessamos, onde é preciso toda e qualquer ação que visa reivindicar a importância do direito de ir e vir a todas as pessoas, independente de orientação sexual que ela tenha. 

Velox surge em um país onde temos políticas públicas eficientes, mas que ficam somente no papel, infelizmente, devido a interesses obscuros de uma cínica e doentia politicagem que vem assolando toda a nação. Onde a democracia só existe quando não divergimos nossa opinião, quando nos tornamos submissos ao que determinam um grupo de homens tiranos, insensíveis e que só se preocupam de verdade em garantir a continuidade de sua supremacia. 

Hoje em dia é preciso muita coragem e muito peito para reivindicar o que nos é de direito: andar com segurança em qualquer lugar, não sofrer constrangimento e nem atos violentos porque estamos demonstrando afeto a uma pessoa do mesmo sexo ou porque temos um visual (ou uma uma filosofia de vida) diferente. Além dos direitos mais básicos do ser humano em geral, que estão sendo deixados de lado, como investimentos na saúde e educação com qualidade e acessível a todos.

Podemos ir conferindo como andam as novidades de Velox através da página oficial no Facebook.


Desde já, desejo boas vibrações e muito sucesso ao Elenildo Lopes nessa empreitada. 

Eu tenho o meu exemplar do Capitão R.E.D, que gostei muito. Espero poder ter um exemplar do Velox também.



Abraços a todos.

Fabiano Caldeira.



terça-feira, 12 de julho de 2016

[Quadrinhos] Principais títulos Disney deste mês - revista O PATO DONALD faz aniversário hoje

Olá, pessoal! Já estão nas bancas os principais títulos mensais Disney publicados pela Editora Abril.

Destaco Zé Carioca, Mickey e Pateta como as revistas cujo conteúdo mais se aproxima dos jogos olímpicos que acontecerão aqui, no Brasil, a partir do próximo mês. Embora não tenhamos motivo nenhum para festejar tal evento, fica o registro de sua realização através das publicações em homenagem.

Zé Carioca n° 2422 é o único desses títulos-chave que traz republicações. A revista, este mês, está excelente com várias HQs sobre esportes e competições. Acredito que elas já tenham sido publicadas em outras datas olímpicas. Portanto, aproveitarão ainda mais aquele leitores que não fizeram tais aquisições em períodos esportivos passados, mais precisamente nas décadas dos anos 80 e 90.

Pateta n° 63 ficou encarregado de trazer as inéditas, versando sobre o tema de competição no mundo dos esportes.

A revista do Mickey n° 887 também traz uma grande aventura em torno do tema, com créditos da aventura de abertura atribuídos ao grande artista Paolo Mottura (MOBYDICK).

As capas estão belíssimas, bastante divertidas e coloridas, como sempre têm sido as capas dessas revistas.









Falando nisso...
Hoje, a revista do Donald completa 66 anos de publicações ininterruptas, sempre na mesma editora e sem reiniciar sua numeração que alcançou o número 2457 neste mês. Um grande feito àqueles que apreciam as histórias em quadrinhos. Sabemos bem como o mercado andam competitivo e as empresas, simplesmente, não possuem mais tantas condições de ficarem insistindo em investimentos, principalmente, quando entramos em épocas difíceis onde a economia torna-se um grande entrave para as vendas baterem suas metas satisfatórias. Portanto, ver a revista do pato ainda circulando dessa maneira é algo a se comemorar. E fica o desejo de que tenhamos, no mínimo, mais 66 anos pela frente. Parabéns!


Nota da Abril 
Em 12 de julho de 1950, chegava às bancas a primeira edição de O PATO DONALD, revista mensal que marcou o surgimento da Editora Abril, hoje um dos maiores e mais influentes grupos de comunicação da América Latina. Fruto do pioneirismo de Victor Civita (1907-1990), o gibi do pato foi um sucesso desde o primeiro número – vendeu 82.370 exemplares, um feito para sua época – e hoje, mais de 2.456 edições depois, ostenta o título de mais longeva revista em quadrinhos do Brasil e uma das mais antigas do mundo ainda em circulação.


Abraços a todos.
Fabiano Caldeira.

sábado, 9 de julho de 2016

[Quadrinhos] Donald Mestre Churrasqueiro

Neste vídeo, mostro a revista do Pato Donald n° 2456 - Mestre Churrasqueiro. Normalmente, as revistas do pato já me empolgam com suas cômicas aventuras de sempre, mas, às vezes, essas edições conseguem ser ainda mais especiais para mim.




Curtam e sigam também:

Socializando HQ no Facebook

Socializando HQ no YouTube



Abraços a todos.

Fabiano Caldeira



quinta-feira, 7 de julho de 2016

[Quadrinhos] 147, obra de Hugo Nanni e Daniel Esteves




Gostei muito dessa obra que é um exemplo claro da genialidade que há na simplicidade.
Já tinha postado sobre ela uma vez, somente usando texto. Confira aqui
Para adquirir o seu exemplar de "147", é só entrar em contato com os artistas.

Site do Hugo Nanni
Perfil do Hugo Nanni no Facebook


Abraços a todos.

Fabiano Caldeira.

terça-feira, 5 de julho de 2016

[Pensamentos] Vá pra PQP você também!!!


E aí, você mede as palavras na hora de dar uma opinião sobre algum gibi, desenho, livro ou filme que viu, porque não quer mais ser conhecido como o antiético da turminha, o cara desagradável. Mas você passa a se tornar uma pessoa nula, aquela que todos procuram pra um "preciso de você" e depois te deixam às traças. No menor "mimimi" que você dá, escolhendo palavras para não ofender o colega, ele volta a te tacar na cara que você é antiético, um joão ninguém e muitas coisas mais.

Então, quer saber de uma coisa? VÃO PRA PUTA QUE PARIU!!! Não vale a pena se preocupar tanto em ser educado com os outros quando eles não estão nem aí com você. Uma coisa é você ter responsabilidade e tato na hora de se expressar. Outra coisa é ficar se resignando porque esta ou aquela palavra vai ofender o colega que adoraria seu apoio, mas não tem capacidade e nem sensibilidade para consegui-lo. 

Eu sou mesmo aquele que é antiético, o artista que não deu certo, que vive na miséria e com HIV, que é safado, falso, bipolar, frustrado e outras coisas mais. Só que eu não uso Nextel, portanto, saibam que....

JÁ QUE É PRA TOMBAR --- TOMBEI!
ME AGUARDEM!!!




sábado, 2 de julho de 2016

[Poesia] PASSARINHO



imagem fornecida pelo Google

Voa, pasarinho
Como és belo e pequenino
Como sabes vivenciar
O momento de se libertar
Voa ao seu ninho
Teu carinho lhe aguarda lá
É o teu resquício novo
Dentro em pouco
Vai debandar
É, meu passarinho
Quem me dera fosse assim
Olhar de carinho
Asas de querubim
Vai olhar o mundo
Com tanto encanto e orgulho
De pertencer e fazer parte
De toda essa diversidade





Olha, passarinho
Sua presença é paz de espírito
O seu voo ilustra a liberdade
E a atividade de estar
O seu cantar é a alegria
Que irradia
Paz e harmonia
Veja, passarinho
Não sei quanto tempo vou lhe notar
Porque Deus nos dá o belo
Mas não o faz durar
Eu desejo, passarinho
Ter você sempre por perto
Meu coração fica feliz
Sentimento terno



PASSARINHO
Autor: Fabiano Caldeira