sábado, 23 de abril de 2016

[Livros] Hoje, Dia Mundial do Livro - minhas últimas leituras: José Igor, Nora Stone, Fabrício Viana

Hoje comemora-se o Dia Mundial do Livro. Eu agradeço a Deus, todos os dias, pela Graça de ter bons olhos para poder ler boas histórias de ficção. 

Gosto é algo muito individual e curioso. Tem muita gente que gosta de biografias, por exemplo, eu já fujo delas, pois a veracidade do que é publicado soa como algo questionável... ou dá sono. Gosto mesmo é de tramas arranjadas, quanto mais popular e de fácil entendimento, melhor. Prefiro o português colocado em formas supostamente erradas, mas que espalhem facilmente a comunicação e a mensagem que se pretende àquela forma culta e tão cheia de normas e padrões excessivamente corretos do nosso idioma. Nossa! Como aquilo me cansa, me irrita! 

Minhas últimas leituras foram:

O CÚMPLICE E O ASSASSINO
UM DIA DE CADA VEZ
THEUS - DO FOGO À BUSCA DE SI MESMO

Wattpad e Amazon

Wattpad é aquele aplicativo onde os escritores publicam gratuitamente suas obras. Na verdade, demorou para cair minha ficha de que lá é um lugar para degustação. Há muitos talentos que postam apenas um capítulo, algumas páginas, assim como há romances inteiros de quem está batalhando por um lugar ao Sol e resolveu demonstrar seu trabalho para obter um feedback imediato dos leitores que por lá transitam. Por causa disso, na maioria das vezes os textos ainda estão em modo rascunho, são colocados lá antes de serem revisados e finalizados. É bom explicar esse fator característico do Wattpad para que nenhum amigo fique estranhando o que for ler, da mesma forma que eu já fiquei um dia.

A Amazon disponibiliza o Kindle, um aplicativo semelhante ao Wattpad, pode ser baixado em qualquer plataforma móvel e até em nuvem no seu computador de mesa. Há quem prefiro comprar o aparelho próprio Kindle devido ao seu desenvolvimento ser especificamente para este fim e ter vantagens boas como a duração da bateria por um longo tempo e vários ajustes para tornar sua leitura configurada do jeitinho que você deseja. A pessoa compra um livro no site da Amazon (muitos títulos bons custam entre cinco a dez reais) e, depois da compra efetuada e confirmada, ele é enviado ao aplicativo. Depois disso, é só ler confortavelmente onde mais preferir. Não sei dizer se o Kindle aceita trabalhos em rascunho como no Wattpad. Acredito que, como é uma venda de um produto supostamente pronto e acabado, o escritor deva ter o cuidado de colocá-lo já finalizado.

E nada se compara ao prazer do livro físico, não é mesmo? Dá para encontrar algo bem bacana nas Loja Americanas, Fnac, Extra e muitas outras lojas físicas. Dia desses, comprei quatro livros por cinco reais, cada um, nas Lojas Americanas. Dois deles eram presentes para pessoas queridas que conheço pessoalmente e fizeram aniversário. Os outros dois estão aqui, aguardando serem lidos. Normalmente, eles custam mais de vinte reais em qualquer livraria, mas tive a sorte de estar andando em busca de presentes e peguei essa oferta.

Agora desejo falar um pouco de minhas últimas leituras,  aquelas citadas acima:

O CÚMPLICE E O ASSASSINO - Alguns devem se lembrar do jogo "DETETIVE", onde uma turma se preparar e um deles é um assassino enquanto que vai escolhendo suas vítimas, uma a uma, e os demais precisam adivinhar a identidade do criminoso antes que se tornem suas vítimas.  O romance é sobre esse jogo, só que batizado com outro nome e com a novidade de que o assassino tem um cúmplice. Só que a brincadeira se transformar em uma tragédia quando o assassinato, que devia ser de mentirinha, torna-se real. A trama lembra um pouco Agatha Christie, no sentido de que faz com que pensemos em quem pode ser o assassino da situação e, de acordo com a evolução da leitura, nossas suspeitas podem mudar, pular para este ou aquele personagem, podemos até pensar que, provavelmente, é aquela pessoa e, depois, diante do desfecho do autor, nos deparamos com algo do tipo: "Nossa! Como não percebi antes?"

Peguei no Wattpad e o autor, José Igor, é um jovem bem interativo para com seus leitores. A plataforma permite que deixemos comentários. Normalmente, durante meu tempo de leitura, ele sempre deu bastante atenção aos que comentavam algo lá. Nota 8.



UM DIA DE CADA VEZ - Drama de Nora Stone, um grande talento em criar romances cheios de acontecimentos e revelações. Neste, vemos a situação de Jake, milionário alcoólatra que trabalha na editora da família (apenas uma das empresas da família) e vive renegado do contato com a maioria deles devido a tantas tragédias em que se envolveu por conta do seu vício para com a bebida. Ele conhece Terry, um simples funcionário da limpeza de todo o prédio comercial, jovem e com uma vontade de viver que chega a ser fascinante. Terry vai, aos poucos, se aproximando cada vez mais de Jake e o faz descobrir que há tempo para deixar as frustrações do passado e ser feliz. Mas não se engane: por trás desse conteúdo de filme açucarado, vários fatores vão prendendo a atenção e, quando pensamos que a obra já tinha nos dado tudo de si, surgem revelações surpreendentes.


Também descobri no Wattpad. Nora Stone também é bastante atenciosa aos que deixam comentários lá. Inclusive, ela me confidenciou que, infelizmente, terá que trocar o nome do livro em breve, quando for colocá-lo à venda em algum lugar, pois ela descobriu que há vários outros, de outros autores, com o título parecido.



THEUS - DO FOGO À BUSCA DE SI MESMO - Fabrício Viana, psicólogo e escritor, autor de vários outros títulos, dentre eles, o conhecidíssimo "O ARMÁRIO", nos remete ao mundo de Júnior, um jovem de uma cidade pequena e simplória no interior de São Paulo, que acaba tendo a dura realidade de descobrir-se homossexual tão logo sente os primeiros prazeres de seu corpo. Vemos como acontecem essas coisas e que, mesmo ele tendo a oportunidade de desfrutar da companhia de uma boa amiga para sentir bons momentos de tesão, viu-se mesmo como homossexual, o que acabou resultando em maus momentos os quais deram um impulso surpreendente em sua vida.

Os interessados podem adquirir o romance físico através do site da Editora Orgástica ou comprar a versão digital no site da Amazon. Devo lembrar que é preciso ter o aplicativo Kindle para ler os livros comprados na Amazon.



Seja como for: ganhado, comprado, achado, emprestado, no papel ou na telinha, novamente digo que agradeço a Deus por ter uma boa capacidade de ler obras de ficção que me fazem tão bem.

Feliz dia Mundial do Livro a todos!


Fabiano Caldeira.



quinta-feira, 21 de abril de 2016

[Quadrinhos] Um ano depois, como estão as revistas mensais da MSP





Em maio do ano passado, os títulos mensais dos gibis da MSP (Mauricio de Sousa Produções) tiveram a numeração reiniciada após terem concluído 100 edições. Normalmente, tal fato só aconteceu quando o Mauricio saiu da Abril e foi para a Globo (1987) e anos depois (2007) quando saiu da Globo e foi para a Panini. O anúncio, lembro bem, aguçou a curiosidade dos leitores, pois, dessa vez, não se tratava de uma nova mudança de editora, então, o que teria acontecido para que Mônica, Cebolinha, Cascão, Chico Bento, Magali e também o título Turma da Mônica voltassem ao número 1, afinal?

De imediato, quando as revistas novas chegaram às bancas em maio do ano passado, foi possível notar mudanças nas capas, no visual das páginas de passatempos e da seção dos recados dos leitores. Elas estão muito mais coloridas e com um aspecto mais "moderninho". Todas elas trouxeram um editorial afirmando que as produções das revistinhas estavam mudando para melhor, que tais mudanças seriam percebidas lentamente, ou seja, com o passar do tempo. Algumas coisas já tinham sido implementadas, porém, outras viriam a longo prazo, como foi o caso dos créditos de desenhistas, roteiristas e arte-finalistas, que, agora, estão sendo colocados até mesmo nas tirinhas de três quadrinhos.

A verdade é que, desde os anos 70, sempre ocorreram mudanças com a turma da Mônica, através dos tempos, uma vez que as técnicas foram se aperfeiçoando e, com isso, também, vieram maiores condições de produção de um maior número de histórias. Atualmente, a novidade vem sendo a digitalização dessa produção. O reinício foi apenas um marco que, sim, pode-se dizer que teve um viés de estratégia de vendas. 

Hoje, estando no décimo segundo mês dessas novas edições, o que de fato posso dizer?

Confesso que as primeiras novas edições me atraíram bastante. Porém, logo nos primeiros meses, já percebi que a tal mudança não afetara o conteúdo das tramas de uma forma tão satisfatória assim. Por algum motivo, não me senti tentado a continuar investindo mês a mês em algum título. Depois veio a crise econômica, que já estava aí, mas tudo piorou bastante no segundo semestre do ano passado, fazendo com que eu, simplesmente, parasse com minhas compras eventuais e focasse apenas em prioridades sérias para a minha vida. Somente este mês foi que adquiri novas edições: Mônica, Chico Bento, Magali, todas n° 12, e Turma da Mônica n° 11. 

Sendo o mais direto possível, os desenhos digitalizados vieram mesmo para ficar. Se havia alguma esperança de que voltariam para o manual, ela foi embora ao folhear tais páginas. Entretanto, nem tudo está perdido: entre as curtas historinhas no estilo "copia e cola", há tramas  que estão bem mais caprichadas e, honestamente falando, com desenhos bons, ainda que digitais. A priori, não dá para saber se foram desenhados na mesa digital, imitando página por página, como faziam antigamente ou se adotaram novos traços para o tal  recurso do "copia e cola". Mas é possível perceber uma boa mudança na qualidade dos traços de algumas aventuras. Mas não se enganem: todas estão tendo seu início, meio e fim produzidos por meio dos recursos digitais. Papel, lápis e tinta nanquim para produzirem páginas e páginas de HQs? Parece que isso virou coisa do passado na MSP.

Chico Bento n° 12 foi a que mais me surpreendeu com várias tramas para uma revista de 68 páginas, muitas delas sendo bem interessantes. A história de abertura foi bem feliz ao explorar o contexto do folclore. As produções, em geral, contam com bons diálogos e  um desenvolvimento dinâmico, sem deixar a gente com aquela sensação de que estão "enchendo linguiça". Destaque para "A FLOR E A ÁRVORE", que traz surpreendentes traços fofinhos, algo muito lindo de se ver.  




Mônica e Magali n°12 também estão bacanas. Destaque para as histórias de abertura, que me cativaram bastante. Eu ri muito com a Magali interagindo com os fantasminhas que entraram em sua casa. E os personagens da mitologia grega deram um toque todo especial à aventura da Mônica. 

Reparem que tivemos personagens folclóricos em Chico Bento, depois vieram os da mitologia grega em Mônica e, em seguida, os fantasminhas em Magali, ou seja, três títulos que trouxeram diferentes tipos de abordagem ao tema "personagens lendários" e bem conhecidos de todos nós. 

Turma da Mônica n°11 me surpreendeu com uma HQ da Tina onde uma vendedora, apesar de loura, me lembrou a saudosa Rosana Munhoz, roteirista da MSP que morreu na flor da idade, no auge de seu trabalho, em um trágico acidente de carro. Pode, sim, ser uma mera coincidência. Mas, também, pode ter sido proposital. alguém deve ter sentido saudades da moça e transmitiu esse sentimento para a historinha. Seu Juca protagonizou a HQ que fechou esta edição. Pessoas com mais de trinta anos entendem melhor quem é o Seu Juca e todas as situações desconcertantes que o envolvem. A trama de abertura com o Dudu foi legal, bem ao estilo moleque pentelho o qual ele se tornou de uns anos para cá. (imagem da Rosana baixada do blogue Arquivos Turma da Mônica e editada pelo Socializando HQ)





Não se trata da "reinvenção da roda", mas essas edições conquistaram meu apreço por estarem um tanto melhores àquelas de tempos atrás. Não sei dizer se é algo pontual, apenas destes números, ou se tais mudanças estão mesmo vindo para ficar. Talvez, resolveram caprichar na seleção das HQs justamente por estarem sendo visadas em relação a estarem comemorando um ano de reinicialização dos números.

Curioso notar que estas edições de número 12 trazem uma chamada informando que o Cebolinha bolou um plano infalível para comemorar, primeiro, um ano das novas revistas, em maio.



Abraços a todos.

Fabiano Caldeira.

domingo, 17 de abril de 2016

[Vídeo] Abrindo pacote de presente do Heri


Recebi pelos Correios esse pacote bem especial do Herivelton, o meu prezado Heri das redes sociais e que acompanha o meu blogue SOCIALIZANDO HQ.

Heri também tem um blogue, que é o "UM MUNDO DE QUADRINHOS".

Conheça - http://ummundodequadrinhos.blogspot.com.br




Abraços a todos! Tenham um ótimo domingo!

Fabiano Caldeira.

sexta-feira, 15 de abril de 2016

[Meus Desenhos] "Crossover" de Roxette e The Walking Dead


Hoje, dia do desenhista, resolvi compartilhar um desenho que fiz um tempo atrás, quando "The Walking Dead" era uma febre e o Roxette voltava com um novo trabalho. Aliás, não é coincidência que o Roxette já está com música nova rodando nas rádios, especialmente da Europa, pois o seu novo trabalho, o álbum provisoriamente intitulado de "GOOD KARMA", vem aí. Esta é minha visão de Marie e Per no Apocalipse Zumbi. rsrs...








[Vídeo] 2° Encontro de Quadrinhos em Ribeirão Preto - Parte 2



Olá, pessoal! Nesta segunda e última parte, vocês verão ainda mais fanzines que adquirir e agora guardo com carinho aqui comigo. Já li os fanzines do Pastel de Pelo umas cinco vezes, pois é bem divertido pega-lo sem compromisso e algum minuto que a gente está de bobeira.

Abraços para vocês! Até a próxima postagem!

Fabiano Caldeira.

quarta-feira, 13 de abril de 2016

[Meus Desenhos] Dia do Beijo


Hoje é o dia do beijo. Percebi que tenho desenhos meus que se encaixam nessa data tão gostosa.


Diva e Belinha, 
as cadelinhas das gêmeas, 
também comemoram o dia do beijo





E Turmalina, a minha querida gata preta,
será que vai ganhar um beijo do seu
estimado amigo Branquinho?




Um beijo de carinho a todos vocês!

Fabiano Caldeira.





terça-feira, 12 de abril de 2016

[Vídeo] 2° Encontro de Quadrinhos em Ribeirão Preto





O 2° Encontro de Quadrinhos em Ribeirão Preto-SP aconteceu no CINE CLUBE CAUIM, bem no centro da cidade, local de fácil acesso a todos, no dia 09 de Abril de 2016, a partir das 10:00

Esta é a primeira parte de duas, onde mostro o que adquiri no evento. Por que duas partes? Bom... o vídeo já está longo com mais de nove minutos, mas a verdade é que a bateria acabou durante a gravação...rsrs.... 

Abraços. Tudo de bom!

Fabiano Caldeira.

domingo, 10 de abril de 2016

[Texto] Refletindo sobre essa politicagem atual - Leonardo Boff - como você quer morrer?

Hoje, no meu Facebook, vi um texto usado como massa de manobra - aliás, mais um, né? dentre tantos já circulantes por aí! - e o alvo, agora, foi o Leonardo Boff.


Leonardo Boff é um filósofo muito bem conhecido. Sua visão política pode não ser a correta, mas a liberdade de se expressar deve existir tanto aos azuis quanto aos vermelhos.
-----------
E sim, essa falácia toda de impeachment só interessa mesmo aos mais estáveis financeiramente, uma vez que agora estão atingindo a classe que antes fazia-se de morta quando só os mais pobres era que choravam suas dificuldades. É bem coerente defender um governo que vai continuar maltratando os pobres, mas vai tratar bem melhor os empresários e pessoas classe AA, A e B. Agora que fábricas de automóveis e demais equipamentos de alto consumo estão não tendo mais como apertarem seus cintos, resolveram protestar e fazer um belo movimento. 
------------
Onde essas mesmas pessoas, cheirando a perfume europeu, estavam quando grande parte da população atingida por essa crise sequer tinha o seu carrinho velho para andar? O pobre que pensa que esse impeachment vai resolver os problemas dos mais atingidos e necessitados, realmente, não sabe o que o aguarda mais pra frente.

Quando falo de pobre se fodendo com a tucanaiada, não me refiro especificamente aos miseráveis que estão sem teto ou sem um farelo de pão para comer. Eu me refiro àqueles que tem (ou tiveram há pouco tempo) seus trabalhos, seu teto e lutam para continuarem tendo esse mínimo de dignidade para conduzirem suas vidas. Eu me refiro, também, aos trabalhadores autônomos, muitos deles, cabeleireiros, esteticistas, donos de botecos, modestas lojinhas, esses que viraram seus próprios patrões, que se autointitulam empresários porque estão conseguindo manter, às duras penas, o seu carro, o seu salão, o seu comércio e a aquela viagem básica com a família, no feriadão, para algum ponto próximo de onde moram. 
------------------
Essa onda azul veem vocês com chacota, meramente como massa de manobra para conseguirem o que querem. Eles não querem vocês crescendo, pegando avião em classe A, viajando ao exterior. Para eles, interessa vocês aonde estão, no patamar em que se encontram. Podem até melhorar um pouquinho, aqui e ali, a fim de facilitarem mais as coisas, afinal, trabalhador bem sucedido consome mais e o consumo aumentando é bom para o país. PARA O PAÍS, entendeu? Vocês nada mais são do que combustível para o país, para que os empresários de verdade alcem voos grandes à custa do teu empenho em lucrar sendo que terás que continuar trabalhando no feriado e, com isso, ficar contente quando vai àquela praia suja do litoral e chamar isso de viagem dos sonhos.
--------------------
Acordem, pobres trabalhadores e pobres empresários pequenos. Está difícil, hoje, com tudo o que vamos vendo, continuará difícil amanhã, se tudo mudar, uma vez que a tucanaiada não está nem um pouco a fim de facilitar as entradas para as universidades, já começando a aloprar os estudiosos desde a mais tenra idade com a negligência à merenda de qualidade e ensino público digno, sem greves enormes e nem pouca vergonha acontecendo na sala de aula. A tucanaiada pode não acabar com o SUS, porque é interessante demais ver tanto dinheiro destinado à saúde, mas tão pouco sendo feito a respeito, pois o grande montante vai mesmo é para os paraísos fiscais de seus membros e demais comparsas, pois, até hoje, não se prestam contas de onde estão sendo investidos, exatamente, cada centavo do dinheiro arrecadado que dizem ser investimento em saúde e educação. Tudo o que vemos são prestações de contas de algumas obras superfaturadas e campanhas educativas pífias a preços exorbitantes. 
--------------------
Somos mera engrenagem para a classe A voltar ao poder de outrora, onde se negociava sonegações gigantescas através do velho hábito de que uma mão lavava a outra, e com, isso, todos os interessados ganhavam. E os desinteressados por essa corja é que se iludam, novamente, com uma reforma aqui e outra ali, para que continuem tão desinformados quanto antes, de como é grande a sujeira debaixo do tapete real, Pensem muito bem antes de se iludirem ao pensar que a solução está em tirar o vermelho e colocar o azul. Talvez a solução fosse acabar com tudo de uma vez e implantar um novo sistema. Mas como isso seria utópico demais, resta, ao menos, situar-se da lucidez necessária entre escolher como quer morrer: sabendo que tem um tumor que não tem condições de ser tratado ou, então, fazendo o seu tratamento com médicos simpáticos, lhe dando todas as esperanças de que precisa para sorrir, mesmo eles lhe omitindo que, em breve, você vai para um leito permanente e sem regresso. 
--------------------
Acredite! Pensar nisso não evitará a tua morte, mas fará uma certa diferença para você enquanto estiver vivo.

Fabiano Caldeira.

quarta-feira, 6 de abril de 2016

[Quadrinhos] 2° Encontro de Colecionadores de Quadrinhos de Ribeirão Preto-SP



O Assunto é: QUADRINHOS!
2°Encontro de Colecionadores de Quadrinhos
de Ribeirão Preto/SP


Ribeirão Preto finalmente conta com um evento na área das histórias em quadrinhos, que acontecerá neste sábado, dia 09 de Abril, a partir das 10:00. O CINE CLUBE CAUIM vem sendo essencial na realização de atividades culturais no gênero, e a banca A JAPONESA está dando o maior apoio para proporcionar essa alegria aos amantes dessa arte tão gostosa.

Será a primeira vez que conhecerei um feito dessa importância, aqui, onde moro. O município já fez uma edição no passado, acho que deve fazer aproximadamente um ano, talvez. Eu andava desinformado, portanto, soube na última hora, quando já havia me comprometido com outras responsabilidades. Desta vez, tudo conspira a favor para que eu vá. 

Abraços a todos. Fabiano Caldeira.

Segue a programação:


2°Encontro de Colecionadores de Quadrinhos 
de Ribeirão Preto/sp
---------------------------------------------------------------
Local: Cine Clube Cauim, R: São Sebastião, n° 920
Centro de Ribeirão Preto 
Horário: das 10:00 às 20:00
---------------------------------------------------------------
Exposição de Acervos Pessoais,
Feira de Trocas de HQs,
Sebo de Gibis, Venda de Materiais Novos,
Banquinha de Independentes da
HQuadrinharia Livro-me da Indú$tria
e Muito Mais!


10h - Abertura da 
FEIRINHA DE QUADRINHOS

11h  - Lançamento da Edição 5 do
Fanzine PASTEL DE PELO
Denis Carvalho, Carlos Eduardo
e Vitor Ribeiro (Ribeirão Preto)

14h- Lançamento dos Fanzines
BARATOS DE BAR e RATÃO DE CUECA
Universo Hexagonal (Ituverava)

15h - Lançamento do Fanzine 
BALÃO BRANCO 
Vinícius Souza - Viniloscópio
e Denis Carvalho, (Ribeirão Preto)

16h - Apresentação do Projeto de
Financiamento Coletivo da
Rastros - HQ, de João Lucas

17h - Bate-papo Ilustrado com Bananazebra 
-Mercado Nacional de Quadrinhos Independentes

Página do evento no Facebook (clique aqui)


Acesso Gratuito! 
---------------------------------------------------
Atenção:  a feirinha NÃO aceita cartões
---------------------------------------------------
Dê HQs de Presente!!!


Apoio:
Banca A Japonesa
Especializada em Mangás, HQs e Colecionáveis





domingo, 3 de abril de 2016

[Vídeo] As revistas da minha estante: Turma da Mônica e Disney JUMBO



Está aí, o vídeo novo onde mostro um pouco mais das revistas que estão naquela estante. São Turma da Mônica e Disney JUMBO que vou mostrando ao longo de 11 minutos. Depois, aconselho a todos pararem de assistir, a menos que façam questão de ouvirem um desabafo. Esse vídeo foi gravado há cinco dias, aproximadamente. Foi colocado no You Tube agora, domingo, 17:27h...Desculpem se não agradei a alguns.

Abraços a todos.Até a próxima!