sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

[HQ] O ASTRONAUTA (e os coelhinhos azuis à espera Papai Noel)


Olá, pessoal! Compartilho mais uma HQ de Natal da turma da Mônica. Mais uma que faz parte do incrível ALMANAQUE DE NATAL DA MÔNICA n° 11.


Editora Abril - Novembro de 1981



O Astronauta vaga solitariamente pelo espaço até encontrar um planeta em condições idênticas à Terra. Lá, ele logo cai em um buraco e descobre ser o lar de dois coelhinhos. Os dois o confundem com Papai Noel. 

Escaneei a HQ completa do meu exemplar para vocês lerem. 

Dá um aperto no coração quando o Astronauta se irrita e começa a desabafar dizendo quem realmente ele é e o que estava fazendo lá. Agora, não sei se foi proposital terem feito os coelhinhos azuis, para lembrarmos do coelhinho da Mônica, ou se a colorização foi ao acaso mesmo. Nunca iremos saber.

Uma curiosidade: naquela época era comum encontrarmos propagandas de outras revistas que não eram da turma da Mônica, pois os títulos eram produzidos pela mesma editora. Então, em almanaques como este, vê-se várias páginas anunciando revistas da Disney, por exemplo, como esta EDIÇÃO EXTRA - TIO PATINHAS CONTRA OS METRALHAS. Era bem mais divertido (minha opinião) encontrar essa diversidade exposta. Também tem a página daqueles cursos à distância, a maioria referia-se ao INSTITUTO UNIVERSAL BRASILEIRO. Desta vez, é um lugar com nome de ESCOLAS ASSOCIADAS. 

Abraços a todos.

Fabiano Caldeira.








4 comentários:

  1. Muito bom ver essas hqs clássicas. Muito legal essa. E acho q pintaram os coelhinhos de azul de propósito.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Ainda me lembro que naquela paródia dos Gremlins, apareceu um monte de coelhinho azul.

      Excluir
  2. Que história bacana! É triste ver quando o Astronauta diz que o Papai Noel não existe, mais triste ainda é ver que ao invés de tentar reverter e falar que existe sim, ele simplesmente se vai triste também, e a gente não imagina que ele vai voltar, o final me surpreendeu.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, você sentiu exatamente o mesmo que eu.
      É incrível como a gente se emociona com essas revistas!
      Um forte abraço!

      Excluir

Peço educação e gentileza na troca de ideias. Obrigado!