sábado, 21 de novembro de 2015

[Filme] INDICAÇÃO ZUMBI - PARTE VII - EU SOU A LENDA


Will Smith é o protagonista dessa grande aventura que tem como foco mais um incidente catastrófico que acaba desencadeando uma espécie de apocalipse zumbi. Está começando mais um...




EU SOU A LENDA - Desta vez as temáticas envolvendo pessoas mortas vivas ganha mais fôlego e investimento, tornando-se produções muito mais refinadas às suas antecessoras históricas. Para abrilhantar ainda mais, Will Smith é escalado para o papel principal. Mais uma vez, ele será o homem que salvará o mundo. Muito bom! 

Por que ver o filme? - Este não é apenas mais um filme que mostra um amontoado de mortos vivos partindo para cima dos humanos e, estes, refugiando-se e defendendo-se como podem. Claro que, sendo este o elemento base de toda produção desta categoria, é elementar que vejamos isso acontecer. Mas há um bom diferencial que nota-se facilmente através de um bom investimento: uma boa história, foco nas emoções das pessoas despertando o telespectador para momentos emotivos e sensíveis. Não é apenas um instante besteirol onde as convivências entre as pessoas são abordadas de forma rasa para não destoar das peças chaves que são os zumbis. Aqui, histórias de personagens são muito bem trabalhadas de forma que os mais "emotivos" vão se pegar chorando em alguma passagem. Eu mesmo, achei uma judiação o que aconteceu à cadela do Dr. Neville. 

Na ânsia de descobrir uma cura revolucionária para alguns tipos de câncer, o que acontece mesmo é a criação de  um vírus super estranho que vai definhando as pessoas até fazer com que elas sobrevivam a uma condição semelhante a de zumbis. Essas pessoas já não têm raciocínio lógico e, diante do corpo todo tomado rapidamente pela manifestação e multiplicação desse vírus, vão se tornando agressivas e sem a menor consciência de que viraram máquinas de matar. E o pior dessa história é que animais de estimação também são infectados. Até mesmo ratos são infectados - tudo para piorar a situação de caos, pois, encarar seres humanos moribundos é fácil, mas ratos e cães já se trata de algo que sai do controle devido à sua força e agilidade instintiva, o que simplesmente são difíceis de prever. Em questão de pouco tempo, tudo vai ficando mais perigoso e o contágio é simples e rápido: basta um arranhão para o indivíduo, em poucos minutos, começar a perder suas funções lógicas e só querer matar, matar e matar. 

Há algumas particularidades nessa história, as quais fazem com que o Dr. Neville não desista de descobrir um antídoto para esse mal. Outra característica é que essas espécies de zumbis não suportam a luz do Sol. Vemos a batalha solitária de um homem que vai se tornando cada vez mais enfraquecido, mas não desiste de descobrir um meio de salvar o mundo dessa incrível tragédia. Will Smith, como sempre, dando um show de interpretação na pele do  cientista - o Dr. Robert Neville. E o lance dos manequins, na minha opinião, foi um detalhe de grande genialidade e sensibilidade.

"EU SOU A LENDA" tem uma ficha técnica bastante extensa. Muitas pessoas assinam a produção, coprodução, roteiro e tem a direção de Francis Lawrence, conhecido por "CONSTANTINE" (2005), "ÁGUA PARA ELEFANTES" (2011) e a franquia "JOGOS VORAZES", seu maior sucesso atual. "EU SOU A LENDA" foi indicado a um leque de premiações, as quais conseguiu abocanhar algumas. Estes são vários motivos para que você veja esta "INDICAÇÃO ZUMBI".

5 comentários:

  1. Sei que pode ser chato comentar isso no seu blog, mas você quer participar da minha humilde comunidade de divulgação de blogs? é facil e grátis!
    https://plus.google.com/u/0/communities/100179208490245659936

    ResponderExcluir
  2. Will Smith é meu ator preferido, sempre com ótimas atuações! Quando vejo um filme onde ele participa, já sei que é bom. Assisti esse filme pela primeira vez ano passado, desde então já vi umas 3 vezes, é um filme bacana pra se ver de novo. Quando o Will é obrigado a matar a cadela dele é emocionante, a relação que ele tem com ela é tão forte e ter que ver ele fazendo esse sacrifício é de cortar o coração. Filme nota 10, ótima indicação!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Estou surpreso pelo comentário aqui. Vi esse filme duas vezes. A parte da cadela emociona mesmo. Mas tem varias partes bem tocantes nesse filme. Will Smith na melhor fase.

      Excluir

Peço educação e gentileza na troca de ideias. Obrigado!