terça-feira, 17 de novembro de 2015

[FILME] INDICAÇÃO ZUMBI - PARTE VI - MADRUGADA DOS MORTOS


E voltamos com mais uma boa dica de filme envolvendo ataques de mortos vivos.
Esta é mais uma postagem do....





MADRUGADA DOS MORTOS - Desta vez, como exceção, vou me focar na obra "remake", vez que ela representa um sucesso garantido nestes tempos onde os zumbis mais famosos são meras peças de decoração em seu próprio seriado. Sim. O seriado o qual me refiro é "The Walking Dead" e também pretendo fazer uma postagem apenas sobre ele, apesar do INDICAÇÃO ZUMBI ter se focado até agora em filmes, nada me impede de variar um pouco. Portanto, prefiro deixar as considerações do seriado para sua postagem específica. Bem... voltando ao foco, "Madrugada dos Mortos" é um "remake" de George A. Romero - sim, o mesmo das postagens que já fiz sobre os filmes "A Noite dos Mortos Vivos (1968) " e "Dia dos Mortos (1985)". A Wikipedia está com uma página muito boa sobre ele. Seria muito bom você conhecer. Saberá porque ele é considerado a maior referência no gênero. Clique aqui para ir até lá e ficar muito bem informado 

Por que ver esse filme? - Como disse, o "remake", de 2004, se sobressaiu acima do esperado. Ele já arrecadou mais de cem milhões de dólares no mundo todo. Para um filme com essa temática, é uma façanha completamente ímpar, principalmente em tempos de internet, TV por assinatura e exibições "on line" - uma façanha realmente admirável, digna de respeito. 

Mas não é pelos números que justifico porque você deve assistir ao filme. Essa produção me surpreendeu no quesito violência e susto. Poxa! Sou um cara que já viu "N" filmes de terror/ horror/ suspense, por isso mesmo, apesar de muitos terem me agradado bastante, dificilmente posso dizer que levei sustos ou fiquei com medo. Quando a gente se entrega muito a esse gênero, o medo vai embora e fica mais a diversão. Bem... posso dizer que esta "Madrugada dos Mortos" me deu vários sustos, hein! Os zumbis são bem mais violentos e ágeis do que o normal. A gente realmente acaba torcendo pelo grupo de pessoas que acabou se refugiando em um shopping center, tamanha a periculosidade que aqueles seres bestiais oferecem. 


Zack Snyder (diretor) e James Gunn (roterista) trabalharam bem as características dessas criaturas, unindo o contemporâneo ao já tradicional que, neste caso, deu certo. Eu fiquei com medo daquelas criaturas. Falo sério! E o fato do grupo de sobreviventes terem se refugiado em um shopping, tem tudo a ver comigo, pois esse tipo de lugar é onde mais gosto de frequentar: é bonito, tem ar condicionado (minha cidade tem uma atmosfera extremamente quente e abafada) e lojas bacanas para você ficar passeando. Mas um lugar amplo como esse, servindo de abrigo de última necessidade para um pessoal que nem teve sequer tempo para pensar direito, tornou-se curioso.

Não bastasse o susto, a violência e a brutalidade, ainda tem uma mulher grávida na história que em determinado momento consegue ser o foco das atenções, pois o que acontece se uma pessoa grávida acaba sendo transformada em zumbi? Pois ééé, meu caros!! Vejam o filme e saberão a resposta! Eu definitivamente penso que um shopping center não é um bom lugar para se refugiar de uma horda de zumbis agressivos. Além de muito grande, há várias portas de entrada, o que fica muito difícil de controlar e ia me fazer sentir inseguro o tempo todo, com a impressão de que em cada corredor eu poderia topar com algum ser daqueles, prontinho para me atacar. Provavelmente eu seria uma vítima fácil nesse filme. Ah, Ah, Ah! 


Claro que, assim como em toda produção envolvendo mortos vivos, há quem não goste de algumas coisas, há circunstâncias que a gente vê e logo se pega pensando no que deve ter se passado na cabeça da equipe por ter feito aquelas cenas daquela forma. Mas, se não houvesse esses instantes, não seria um bom filme nesse quesito. Esta "Madrugada dos Mortos" superou minhas expectativas. Há momentos em que você simplesmente não consegue desgrudar da tela.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Peço educação e gentileza na troca de ideias. Obrigado!