segunda-feira, 24 de agosto de 2015

[HQ] Zé Carioca: Questão de Honra!


 
"Questão de Honra!" é uma HQ inédita do Zé Carioca que foi publicada em sua revista mensal em Maio de 2014, provavelmente aproveitando os embalos da Copa do Mundo no Brasil. A produção brasileira de HQs Disney ainda engatinha, sendo que não é possível - por enquanto - adicionar mais do que uma trama em uma  das seis revistas mensais. Não sei bem porquê, resolveram que o título a receber essa nova leva seria o do papagaio. Acredito que seja porque ele já vinha repetindo suas publicações há uma porção de edições a passo que Mickey, Pato Donald, Minnie, Pateta e Tio Patinhas trazem novidades inéditas do começo ao fim das edições (cujas aventuras são devidamente compradas no exterior, só para lembrar).

Voltando ao foco, essa nova HQ, publicada em Zé Carioca 2396, foca em uma grande paixão dos brasileiros: o futebol. Por isso escrevi antes que os responsáveis devem ter aproveitado a Copa do Mundo. E não fizeram feio. É uma divertida situação onde a Rosinha pede a seu namorado papagaio um certo apoio para a realização de um campeonato de futebol feminino. Sendo alvo de chacota de Zé, Pedrão, Nestor e Afonsinho, ela decide que, se quiser mesmo colocar a versão feminina do time da Vila Xurupita nos campos, terá que correr atrás de tudo sozinha. Claro que Rosinha, filha de um milionário, não teria dificuldades em promover e fazer acontecer seu time. O que ela queria de verdade era apenas um apoio moral, já que todo mundo a conhecia. Nunca passou pela cabeça dela ser alvo de chacota de seus próprios amigos. Mas a história nem tem esse viés melancólico, muito pelo contrário: quando menos se espera, o time de Rosinha já está jogando e vai atraindo a atenção das pessoas. A performance das meninas acaba sendo impressionante a tal ponto de elas acabarem, por tabela, fazendo com que o tradicional time da Vila Xurupita (composto pelos melhores machos "pernas de pau") se sentisse na obrigação de fazer um jogão. 

Um roteiro bem feliz de Denise Ortega, que ganhou o reforço dos desenhos do Carlos Edgard Herrero: simplesmente um dos mais tradicionais desenhistas do Zé Carioca ainda na ativa. A arte final ficou por conta de Tomaz Edson e as cores foram atribuídas ao Fernando Ventura, um talento de anos que finalmente ganhou um certo espaço nessa nova fase de produção.


----------- Banco de Imagens -------------





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Peço educação e gentileza na troca de ideias. Obrigado!