sexta-feira, 17 de abril de 2015

[HQ] A Turma do Pererê em: O Videomaníaco


A bicharada anda interessada no filmes que o "Seo Nenem" anda vendo à noite. Tanto é que, aos poucos, a rodinha de conversa do pessoal vai se desfazendo porque a TV vai roubando a atenção. Galileu, por exemplo, ficou tão fissurado que acabou deixando-se levar, misturando vida real com as tramas de ficção. E aí, a trama começa a revelar um perigo: Galileu avista uma turma de pequeninos homens e pensa que se trata dos anõezinhos da Branca de Neve. Os caras são malfeitores, mas logo sacam que a onça macho não estava regulando bem e usam de sua fantasia para atrai-la a uma armadilha. O plano era cruel e Galileu corria grave perigo nas mãos daquela turma. Por sorte, os demais amigos notam sua falta e promovem uma busca na mata, pois temem que algo de muito ruim possa estar lhe acontecendo. Quase todos acabam sendo capturados pelos malfeitores. Digo "quase" porque Moacir foi o único a escapar, retornando logo na pele de um super-herói. Sua identidade real é disfarçada através de uma máscara cobrindo os olhos....kkkkk... que, sendo ele um jabuti, ficou bem caracterizado como um integrante das tartarugas ninja...kkkk..... 

Uma aventura muito bem bolada que abre a edição de número 1 do Almanaque do Pererê. Ao longo da história, vamos conhecendo quem é quem dos personagens - uma turma de bichos que vive em uma mata e tem contato direto com humanos, dentre eles, "Seo Nenem" e Compadre Tonico. Andei pesquisando a respeito desse universo criado por Ziraldo e vejo que esses dois homens não são "flor que se cheire". Na verdade, os supostos anões dessa história estavam a serviço deles, a fim de capturar a onça macho Galileu e arrancar sua pele. 

Não sei bem qual foi a intenção do autor ao criar essa HQ. Esse almanaque é de 1991. Provavelmente trata-se de uma republicação que foi originalmente produzida nos anos 80. Há boas mensagens transmitidas com certo ar de inocência dado aos personagens. Vejo, por exemplo a crítica sobre o hábito de se tornar um amigo da TV, o perigo da alienação que a mídia pode causar, o comportamento perverso do ser humano em contraste com a tolerância entre os animais e a biodiversidade local. Ao mesmo tempo em que Ziraldo morde, depois assopra. 

Os referenciais são divertidos. Tanto que nem percebi que a aventura abocanha 32 páginas, pois me diverti bastante. O Saci, personagem principal e quem dá até mesmo nome ao título da revista, não cai na previsibilidade de ser ele o herói. Isso poderia ser feito, já que ele é "o cabeça" da turma, porém, ficou brilhante o fato de ter sido apenas mais um capturado - tornando-se impotente à maldade humana - e caber a um jabuti, um animal conhecidamente lerdo e supostamente pacífico, dar um jeito em todos aqueles caras... achei genial! 


 --- Banco de Imagens ---







4 comentários:

  1. Curti essa postagem! Nem sabia dessa turma!

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matheus, também não conhecia. Mas resolvi dar uma chance e curti bastante. A revista toda está muito boa!

      Abraços

      Excluir
  2. "Esse almanaque é de 1991. Provavelmente trata-se de uma republicação que foi originalmente produzida nos anos 80. "

    Parece q são hqs inéditas, como diz na capa. Na época tinham almanaques dos Trapalhões e Menino Maluquinho da Abril com hqs inéditas. Até os da Xuxa da Globo eram inéditas. Parece q foi só Turma da Mônica e Disney q tiveram preocupação de almanaques serem gibis para republicações.

    Eu já tinha visto a capa desse almanaque nos gibis da Abril da época, mas nunca comprei e nem vi em sebos. É legal sim do nível do Menino Maluquinho.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que gafe!!!!!!!!! Estava tão ansioso pra ler o interior que nem reparei na chamada da capa!!!! Preciso ser mais observador. Ai, que vergonha!!! Kkkkkkk...

      Excluir

Peço educação e gentileza na troca de ideias. Obrigado!