domingo, 29 de março de 2015

[Vídeo] Campanha pelo direito ao uso do nome social

Campanha em prol do DIREITO AO USO SOCIAL EM TODOS OS ESTABELECIMENTOS e demais recintos públicos.

Participe você também! Faça seu vídeo hoje, 29 de Março de 2015 até as 17 horas, e divulgue por aí!




Faça seu vídeo dizendo  --- eu, fulano de tal, apoio a campanha "SOU TRANS E QUERO DIGNIDADE E RESPEITO", pelo direito do uso do nome social à população "T" (travestis, transexuais e transgêneros). Coloque no You Tube, nas redes sociais, na própria página da campanha no Facebook e aonde mais quiser e possa alcançar o público.

Endereço da página da campanha no Facebook - https://www.facebook.com/pages/Campanha-Nacional-Sou-Trans-e-Quero-Dignidade-e-Respeito/1573427272915642?sk=timeline

A população "T" (travestis, transexuais e transgêneros) sofre com a desmoralização do não uso de seu nome social --- que é o nome pelo qual querem ser chamadas --- gerando, com essa falta de respeito das pessoas, constrangimento e indignação. O uso do nome social para a população "T" é algo importante em sua personalidade e identidade de gênero.

A campanha, toda elaborada pela própria população "T",  começa hoje, dia 29 de Março de 2015, e reivindica esse direito. O direito de serem chamadas como elas querem. é uma questão de mostrar respeito e dignidade a cada pessoa travesti, transexual e transgênero.

Seja sensível e solidário a essa campanha e faça coro com essas pessoas que precisam de força e união. Todos têm o direito de serem o que querem.


3 comentários:

  1. O curioso desse vídeo é o Boy George ao fundo. Tudo a ver. Mais andrógino do que o Boy George no mundo "pop", desconheço. Ao menos com alguma representatividade. E, claro, o gibi "trans" em mãos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que alguém notou isso. kkk....

      Abraços.

      Excluir
    2. O Boy George já tinha aparecido uma vez em um vídeo anterior que fiz a fim de falar um pouco mais sobre a HQ "O DEMÔNIO DAS MATAS". Inclusive já tinha comentado naquela ocasião que essa música foi "hit" nos anos 80 mesmo com tanto preconceito da sociedade.

      Abraços.

      Excluir

Peço educação e gentileza na troca de ideias. Obrigado!